Conserve contigo uma parte de tudo o que ganhar

O maior segredo e a primeira grande lição que precisamos aprender para conseguir alcançar a nossa independência financeira é o seguinte:

Gaste menos do que você ganha e invista a diferença.

Outras formas de explicar isso são:

  • Conserve contigo uma parte de tudo o que ganhar.
  • De cada dez moedas ganhas, não gaste mais que nove.
  • Pague primeiro a si mesmo.

Pode parecer coisa de pensamento positivo, mas o dinheiro tem suas leis. O dinheiro vem de bom grado e em quantidade crescente para todo homem que separa pelo menos um décimo de tudo o que ganha a fim de criar um fundo para si e sua família.

Guardar para si uma parte de tudo o que ganham é o maior segredo de sucesso de mais de 99% dos milionários do mundo.

Existe uma pequena parcela da população que ganha muito dinheiro todos os meses. São jogadores de futebol da seleção, artistas famosos, grandes advogados e médicos. São pessoas públicas e que por estarem sempre nos jornais e televisão fazem com que pensemos que essa é a única forma de ser rico. Andam em carrões, gastam rios de dinheiro com jóias. Mas por incrível que possa parecer, muitos desses não são ricos de verdade. São apenas pessoas que ganham muito dinheiro. Quantas vezes vemos esse tipo de gente que já “pareceu” muito rico acabar a vida em asilos, sustentados por alguma alma caridosa que pague a conta para eles?

O que torna a pessoa rica e livre não é a quantidade de dinheiro que ela gasta e sim a quantidade de dinheiro que ela guarda. É a forma como ela ganha o dinheiro que a sustenta. Um jogador de futebol que ganha muito dinheiro enquanto está jogando e gasta todo esse dinheiro em carros e presentes, quando parar de jogar certamente passará por grandes dificuldades.

Vamos examinar agora o exemplo do Pelé, o maior jogador de futebol de todos os tempos. Na época em que ele jogava, não existiam os salários milionários que existem hoje. Ele ganhava bem, mas nem tanto. Ganhava ainda um dinheiro extra, fazendo propaganda. Mas o mais importante é que ele guardava uma parte de tudo o que ganhava. Com o tempo essa reserva que ele guardava permitiu que ele se aposentasse ainda cedo. E permite até hoje que ele continue a viver bem sem precisar se preocupar em trabalhar. Além dessas reservas, ele ainda recebe royalties pelos produtos que usam a sua marca. Isso não deixa de ser uma outra forma de reserva. O importante é notar que ele sempre buscou fontes de renda extras, que não apenas o salário dele como jogador de futebol.

Existe uma parcela muitas vezes maior de milionários que ganham salários comuns, trabalham em empresas comuns, andam em carros comuns. Pessoas que podem andar de Mercedes ou BMW. Não são apenas milionários, são também livres. Podem fazer o que querem com o tempo que possuem. Não são como o Pelé, que podem receber dinheiro apenas por ter uma boa imagem associada a produtos diversos. Mas possuem uma série de investimentos, construídos ao longo dos anos, que permitem que eles também tenham diversas fontes de renda extra, além dos salários.

Guardar uma parte do tudo o que ganhar é a primeira ação real que todo mundo que busca a independência financeira deve executar. Não existem atalhos. Aplicando os conhecimentos aqui descritos, qualquer pessoa comum pode obter a independência financeira e fugir da famigerada corrida pelo dinheiro. E vou mostrar como conseguir isso sem precisar abrir mão dos pequenos prazeres do dia a dia. É possível alcançar a liberdade e ainda assim sair para jantar de vez em quando, assistir um filme no cinema, sair com os amigos, etc.

A liberdade está lhe chamando, você quer trilhar esse caminho?