Burlingame, CA – Reno, NV

Acordar, perder o café da manhã por 30 minutos de atraso, esperar a Carla e o Gabriel enquanto descobria que meu chip de celular internacional não quer cooperar…

Almoçamos ao lado do hotel em um restaurante mexicano. Comida boa, em quantidade mostruosa. São Francisco debaixo de densa neblina. Rumo a Reno, NV. Da ponte conseguimos ver Alcatraz, mas a Golden Gate estava escondida das nossas vistas. San Francisco agora, só no final da viagem. Estava frio, 14 graus, então, resolvemos ir a Reno buscar o calor do deserto no velho oeste americano.

Six Flags, Discovery Adventure

No meio da estrada, um parque Six Flags, sinônimo de montanhas-russas. Férias típicas americanas. O parque é um misto de mini-zôo com as famosas montanhas-russas. Um com tigres, morsas, golfinhos, elefantes, girafas, outro com montanhas-russas com água, com loopings, com parafusos, de frente, de trás, com apoio, com os pés soltos no ar, sentados, pendurados, que giram e até um barco viking chamado Taz, que tem um rotor acoplado na ponta. Uma tarde perfeita para desligar do mundo e entrar em ritmo de férias.

O primeiro “passeio” foi em uma rampa com água. Se tivesse me atirado na piscina não sairía tão molhado. O resto do dia foi secando ao sol 🙂

A noite, a caminho de Reno, jantar no Dennys, com direito a mega-torrada com 2 ovos mexidos, bacon, linguiça frita, presunto, queijo e maionese. Pouca caloria 🙂

Reno, NV

Em Reno, cassinos, luzes, avenidas largas. Nos bairros residenciais, poucas luzes nas ruas, quase nenhuma sinaleira e as casas sem iluminação nas fachadas, bem diferente do que estamos acostumados. Também diferente, nada de grades ou muros.

Fim do dia com a chegada na casa do Gabriel. Abre o portão da garagem, um Porsche Boxter. Entramos na casa, uma ampla recepção com um pinball do Arquivo-X, aquelas típicas cozinhas americanas enormes, com ilha central, a sala de jantar e de estar ao lado, e um enorme aquário de água salgada. No pátio, vista perfeita de toda cidade iluminada pelos cassinos, uma piscina semi-olímpica com rampa de saltos e uma hidromassagem gigante. Quatro dormitórios no andar superior, dois deles transformados em escritórios, completam o American Dream. Agora dá para entender porque o Gabriel diz que não pretende voltar ao Brasil.

Abraço e até mais…

Fotos da saída do Brasil, chegada nos USA e Burlingame, CA

Fotos de Reno com o Gabriel Torres e a Carla